Eugénio de Andrade e Al Berto no Espaço Biblos

Eugénio de Andrade e Al Berto no Espaço Biblos 
13 de junho 2019 . 16 horas
Rua do Serrão, 5 . Cidade do Fundão

O dia 13 de junho fica marcado pelo desaparecimento de dois dos maiores poetas de Língua Portuguesa, Eugénio de Andrade, em 2005; e Al Berto em 1997.

O Espaço Biblos, no Fundão, recorda a Poesia que ambos escreveram como elegias aos amigos mortos. Segundo Eduardo Lourenço, só existe a Morte do Outro.

Poemas que Eugénio de Andrade dedicou à morte de Jorge de Sena, Carlos Oliveira, Luís Miguel Nava, Mário Botas e Ruy Belo; e os poemas de “Horto de Incêndio”, de Al Berto, um verdadeiro Requiem, publicado em 1996, quando o autor de “O Medo” já se encontrava gravemente doente; são os materiais em redor dos quais será organizada a Conversa Comunitária na Biblos, em junho.
.

Biblos é um projecto da Comuna em parceria com a Editora Alma Azul, coordenação de Elsa Ligeiro
A Comuna é um projecto do Município do Fundão e da Luzlinar